Na contramão da crise, em 2017, o setor de comércio eletrônico cresceu 12%, apresentou valor de ticket médio de R$ 310,00 e fechou o ano com indicadores positivos de redução do desemprego e inflação, ou seja, um cenário propício para quem quer vender mais na loja virtual.

Com o crescimento deste setor, muitos varejistas de loja físicas tem apostado em uma  jornada de trabalho no mundo online, a fim de ampliar as possibilidades de venda e número de clientes, já que na internet não existe fronteiras.

Porém mesmo com estes dados de crescimento do setor, na atual realidade do Brasil, o que acontece é que a taxa de conversão é muito baixa e chega a 1,65%, ou seja, a cada 1.000 visitas dentro do site, apenas 16 compras são finalizadas.

O e-commerce é uma área muito nova e bem diferente do varejo tradicional. Até por isso, inúmeros fatores podem estar causando esse baixo resultado de conversão. Então o que é preciso fazer para aumentar esse número e vender mais na loja virtual?

Para vender na internet é preciso oferecer o máximo de informações possíveis e estar atento a fatores chave que levaram ao sucesso da sua loja. Pensando em te ajudar, selecionamos algumas dicas que podem auxiliar você a ter um resultado melhor nessa etapa de crescimento.

 

1.Invista nos buscadores

Para aumentar o número de visitantes dentro do site, você pode investir em resultados dos buscadores (SEO e links patrocinados). Nesse espaço, o cliente digita exatamente que tipo de produto está procurando e isso também facilita uma segmentação do público, ou seja, o cliente que visitar a sua loja provavelmente tem mais chances de encontrar o que estava procurando.

 

2. Apareça nas redes sociais

Dentre as redes sociais mais utilizadas pelos Brasileiros, estão Facebook, YouTube, Instagram, Linkedin e Twitter, ótimas ferramentas de comunicação, informação, relacionamento e também vendas. Lá estão presentes consumidores dos mais diversos segmentos, por isso é tão importante que a sua marca esteja também. Eles tem sido um ótimo canal para a estreitar relações entre a empresa e o consumidor, além de ser muito utilizada para fazer buscas, tirar dúvidas, reclamar e elogiar as empresas.

 

3. Certificação de segurança do site

vender mais na loja virtual _ smarthint

Certifique que o seu site passa confiança para o consumidor, não esconda nada, informe um endereço físico, telefone, cnpj, razão social e tenha uma certificação indicando que o site é realmente seguro para inserir os dados dele. Além disso, invista também em cuidados com a segurança do seu site, esteja protegido para que usuários não tentem aplicar golpes ou hackear a sua página. Busque boas ferramentas de antifraude que garantam a maior segurança, tanto para o cliente quanto para você varejista.

 

4. Frete grátis

A porcentagem do frete sobre as vendas é um indicador que está diretamente ligado a taxa de conversão e abandono de carrinho nas lojas virtuais, ou seja, quanto menor o valor da taxa maior o impulso do cliente para terminar uma compra. Diminuir ou até mesmo zerar o valor do frete, é uma estratégia que faz o consumidor ter a sensação de estar economizando.

Há diversas maneiras de oferecer esse benefício ao cliente (a partir de um valor definido, exclusivamente em alguns itens, apenas para algumas cidades, durante um período de dias, entre outros), mas atenção, antes de arriscar qualquer uma dessas possibilidades, garanta que a sua loja tem condições de bancar essa demanda.

 

5. Cupom de desconto

Ter campanha de retenção ou pop-up dentro da sua loja é ótima oportunidade para vender mais na loja virtual, além disso, é uma ação diferente do que a maioria dos lojistas fazem que é oferecer um desconto igual em produtos gerais.

De forma mais assertiva, essa estratégia disponibiliza o desconto direto no produto que o cliente está ‘’namorando’’ ou até já escolheu mas por algum motivo não adquiriu. Então no momento certo de decisão de compra ou abandono, o cupom aparece como um incentivo para a finalização do pedido.  

Em média, apenas 5% dos consumidores são impactados com esta estratégia, porém, a taxa de conversão pode chegar a quase 40%.  

 

6. Prazo de entrega

vender mais na loja virtual

Se um consumidor compra um presente e deseja entregar para alguém em determinada data, provavelmente ele está contando que o produto chegue dentro do prazo previsto. Por isso, informe o período de entrega para que o cliente não fique sem a encomenda no dia desejado. Saiba que atrasar uma entrega é pior que oferecer um prazo alongado.

 

7. Opções de pagamento

Ofereça ao cliente várias opções de pagamento para que ele escolha qual é a melhor alternativa. Às vezes ele tem receio de passar o cartão de crédito, então, oferecer a possibilidade de boleto e carteiras digitais como por exemplo, Paypal ou Mercado Pago, também são opções que aumentam as chances de vender mais na loja virtual.

 

8. Personalizar a experiência de compra

Há uma facilidade na tomada de decisão quando uma categoria de produtos, faz indicações com base em compras feitas por outras pessoas, exemplo: produtos mais vendidos. Com a vitrine inteligente o cliente pode encontrar um produto desejado com mais facilidade, pois o sistema de recomendação oferece produtos de acordo com o perfil mapeado.

Segundo dados coletados pela ABComm, um método muito utilizado para aumentar o  faturamento das lojas online é incrementar o número de itens do carrinho, através das vitrines dinâmicas e das lógicas de ‘’compre com’’; uma personalização maior dessas duas ferramentas permite promover as vendas e a rentabilidade do e-commerce.

Coloque em prática as dicas para vender mais na loja virtual e não esqueça de mensurar os resultados para acompanhar o retorno de todo investimento feito. Compartilhe para que outros varejistas saibam disso também 🙂

Deixe uma resposta