Através de vitrines da loja virtual acontecem as primeiras conexões entre os consumidores e o produto exposto, elas são as causadoras da primeira boa impressão para o cliente, ou nem tão boa assim.

A exposição de produto vai muito além somente da venda, os itens expostos na home criam a identidade da loja e precisam ser atrativos ao ponto de prender a atenção do cliente, pois faz parte da experiência de compra.

O primeiro contato com a loja virtual é decisivo para o consumidor manter ou não a página aberta, observando os outros produtos e posteriormente concluir uma compra. Por essa razão, os produtos em destaque devem ser pensados e planejados para estarem ali, eles são responsáveis por convencer o consumidor de que a loja merece ser explorada.

Agora pare, pense e reflita, as vitrines da sua loja fariam os consumidores terem muita vontade de consumir os produtos?

Lembre que a vitrine de loja física concorre somente com as outras do shopping ou da rua na região, porém as vitrines da loja virtual competem com o mundo todo, até porque, hoje não existem fronteiras para fazer compras.

Adquirir um produto da China e trazer para o Brasil através de uma compra online é muito simples e fácil, por isso é legal pensar em diferenciais que a sua loja pode oferecer para convencer o cliente a comprar na sua loja virtual e não em qualquer outro concorrente.

A grande vantagem do comércio eletrônico é justamente não ter fronteiras, mas ao mesmo tempo é o maior desafio para os lojistas. A loja virtual precisa sempre ser editada, porque a moda muda toda hora, novidades surgem em todos os minutos, o mundo se atualiza a cada segundo.

 

Como atingir todos os públicos com apenas algumas vitrines da loja virtual?

Já pensou quanto trabalho necessário para alterar as vitrines em uma loja física, se o avanço fosse tão rápido quanto no mundo digital. Para lojas virtuais já existem diversas opções de diminuir esse trabalho manual e ainda mostrar produtos mais assertivos ao perfil de compra de cada cliente que entra na loja online.

Grandes, médias e pequenas empresas utilizam ferramentas de inteligência artificial para automatizar as vitrines e fazer com que elas funcionem sozinhas, somente com as informações coletadas a partir do perfil de navegação de cada cliente.

Segundo os dados do E-commerce Radar do 1º Semestre de 2018, ‘’uma forma de melhorar o faturamento é criar estratégias para aumentar o número de itens por pedido. Isto é possível, por exemplo, através de vitrines dinâmicas.’’

 

Como funcionam essas vitrines?

Essa solução é chamada de vitrine inteligente, quando o sistema manipula as vitrines da loja virtual para se adequar ao público de cada lojista, por exemplo, algumas vendem produtos com maior valor agregado enquanto outras destacam o preço. Quando alguma não apresenta resultados satisfatórios, o próprio sistema ativa outra que seja mais indicada a loja e ao consumidor.

Por exemplo, quando o consumidor busca por um produto, automaticamente os cliques são informados para uma matriz que controla aspectos comportamentais do cliente dentro do site e faz uma análise para determinar a relação com as categorias que foram visitadas, se determinado produto é de categoria masculina ou feminina, tamanhos, cores, entre diversas outras que podem segmentar um produto.

Essas vitrines podem ser personalizadas de acordo com o segmento e perfil da loja e serem nomeadas como: isso combina com; mais vistos; mais vendidos em determinada categoria (varia conforme o perfil do cliente); o que as pessoas estão comprando agora; itens que você visualizou recentemente; é do seu gosto? então veja esses produtos similares e quem viu este produto também se interessa por.

Um dos principais desafios é trazer para o mundo digital, tudo que pode ser visto, provado, palpado e até negociado nas lojas físicas.

 

Quais cuidados devo ter ao montar uma vitrine?

Além de oferecer ferramentas que facilitem a busca do cliente, a escolha das imagens está muito ligada a primeira impressão sobre o produto. Por isso, monte um padrão de imagens e siga sempre os critérios estabelecidos, prefira sempre utilizar o mesmo fundo (preferência cores claras), tamanho e ângulo (horizontal ou vertical) para realizar as fotos dos itens.

As informações adicionais sobre o produto fazem parte da decisão de compra do cliente, depois que o produto já foi atraente aos olhos é necessário ter mais informações. Então nunca deixe de informar as cores disponíveis, tamanho, material utilizado, peso, funções, voltagem, ou seja, todas as informações que são importantes para o cliente conhecer melhor a mercadoria.

Lembre sempre que a vitrine da loja é o principal meios de chamar atenção dos consumidores e fazer com que eles terminem uma compra, por isso, dê atenção para coisas que parecem apenas detalhes, mas fazem toda a diferença no layout e na conversão do cliente.

Deixe uma resposta