Carrinhos abandonados? Saiba como evitá-los em seu e-commerce!

2020-02-14T19:13:17+00:00

Carrinhos abandonados? Saiba como evitá-los em seu e-commerce!

Tempo de leitura: 9 minutos

carrinhos abandonados no ecommerce

 

Assim como em qualquer outro ramo, vender pela internet tem seus desafios. Um dos maiores deles está relacionado ao número de vendas realizadas frente ao número de visitantes no site. De acordo com o KPI Report 2019, a taxa de conversão média de e-commerces em 2019 foi de 1,85%. Um dos motivos para esse número é o abandono do carrinho de compras nas lojas virtuais.

Existem muitas razões para que os visitantes de um site não colaborem com o aumento das taxas de conversão de um negócio, mas um dos principais fatores é esse abandono do carrinho. Em 2018, um estudo do E-commerce Radar apontava que esse número chegava a 82% nas lojas virtuais brasileiras!

Se você já tem ou pretende criar uma loja virtual, não precisa se assustar com esses números! A seguir, apresentamos algumas dicas para que você possa diminuir o abandono do carrinho de compras em seu e-commerce.

1. Tome cuidado com o frete

Um estudo da empresa britânica Moosend aponta que, no mundo, 60% dos usuários que abandonam o carrinho de compras o fazem por causa do frete. Por isso, ter uma estratégia para entrega das mercadorias pode encorajar os consumidores a finalizarem a compra em seu site.

Quando se trata do frete, muitos lojistas acham que basta oferecer a opção de entrega dos Correios. Essa possibilidade não deve ser descartada por causa do alcance que a estatal tem no território brasileiro. Entretanto, é importante disponibilizar outras opções, que, muitas vezes, podem ser mais baratas e mais rápidas do que a dos Correios.

Esses fatores são influenciados de acordo com o tamanho e o peso dos produtos, a distância e a região da entrega. Por isso, utilize serviços de comparação de transportadoras, como, por exemplo, o Melhor Envio, para oferecer sempre as melhores opções aos clientes. Dependendo da plataforma de e-commerce que você utilizar, é possível fazer a integração desse serviço diretamente em sua loja virtual.

Além de buscar oferecer sempre o melhor custo-benefício na entrega para seu cliente, apresente mais de uma opção. Inclua uma possibilidade mais cara, porém mais rápida, e outra mais econômica. Assim, ele pode escolher o que preferir.

Por fim, ofereça frete grátis para compras acima de determinado valor. Além de aliviar o peso que o frete costuma ter sobre a decisão do consumidor, você estimula o aumento do ticket médio. Quem nunca colocou mais um produto no carrinho para atingir o preço mínimo para ter o frete grátis?

2. Facilite a navegação e o checkout

A dificuldade na navegação no e-commerce, especialmente no momento do checkout, também é um fator que pode incentivar que os clientes abandonem o carrinho de compras. Por isso, você deve facilitar a experiência do usuário em sua loja virtual.

No momento do checkout, não exija informações demais, apenas as necessárias para o término da compra. O estudo da Moosend aponta que 28% dos usuários abandonam o carrinho quando precisam preencher formulários longos.

Além disso, disponibilize o checkout transparente. Nessa modalidade, os dados são processados no seu próprio site, sem que o cliente seja redirecionado a uma outra página. Esse redirecionamento pode deixá-lo desconfiado e fazê-lo desistir da compra.

3. Seja transparente

23% dos entrevistados na pesquisa da Moosend indicaram que custos escondidos foram o motivo para abandonarem o carrinho de compras em um e-commerce. Isso mostra a importância de ser transparente em sua comunicação.

Caso tenha algum tipo de taxa ou cobrança extra, avise o cliente desde o primeiro momento. Assim, não haverá surpresas e ele saberá exatamente com que custos terá que arcar para comprar em seu e-commerce.

4. Utilize o e-mail marketing

Seguir os passos anteriores para evitar o abandono do carrinho de compras é importante, mas, eventualmente, isso ainda pode acontecer. Todavia, não desista. Por meio do e-mail marketing, é possível recuperá-los!

Para os usuários que se registrarem em seu site, mas não concluírem a compra, você pode enviar uma mensagem lembrando-os do carrinho abandonado. De acordo com um outro estudo da Moosend, os e-mails com esse lembrete costumam ter uma taxa de abertura de 45% e 21% dos usuários clicam em seu conteúdo. Dos que clicam, metade finaliza a compra da qual, inicialmente, tinham desistido.

5. Retenção de clientes

Para evitar o abandono no carrinho de compras, também é importante investir em ações para melhorar a retenção de clientes, ou seja, para mantê-los por mais tempo no seu site no intuito de efetivarem a compra. 

Para isso, você pode tomar algumas providências, uma delas está relacionada com o atendimento. Por meio de algumas ferramentas de chat online, por exemplo, é possível ver em que páginas seu consumidor está levando mais tempo. Se você percebe que o cliente parou na página de checkout, já pode enviar uma mensagem a ele pelo chat oferecendo ajuda.

Aos novos visitantes, você pode oferecer descontos na primeira compra. Em troca, você pede que eles se cadastrem para receber seus e-mails com conteúdos e ofertas.

Por fim, é possível mostrar pop-ups de retenção àqueles que forem sair da sua loja virtual. Quando eles estiverem perto de clicar no X, apresente uma mensagem oferecendo um desconto exclusivo com contador regressivo. Isso gera um sentimento de urgência e funciona como um ótimo gatilho mental para que eles não desistam da compra.

Conclusão

O abandono do carrinho de compras é um problema real para os e-commerces de todo o mundo. Entretanto, com alguns cuidados, você pode diminuir essas taxas e também recuperar alguns dos usuários desistentes.

Além disso, ao otimizar alguns aspectos do seu site citados neste artigo, você proporciona uma melhor experiência de compra aos seus clientes. Isso estimula que eles voltem a consumir em sua loja quando forem fazer uma nova aquisição!

Então, está pronto para diminuir o abandono do carrinho de compras em seu e-commerce?

Informações da autora

Victoria Salemi é a editora responsável pelas parcerias de conteúdo da Nuvemshop, a maior plataforma de comércio digital da América Latina, com mais de 30 mil lojas ativas. Formada em jornalismo, ama escrever e tornar assuntos complicados acessíveis a todos!

Solicite uma demonstração da ferramenta