Geolocalização: entenda o que é e qual a importância para o e-commerce

A geolocalização é uma tecnologia que permite identificar a localização geográfica de um dispositivo eletrônico através de sinais como os de GPS, radiofrequência, AGPS ou wifi. Dessa forma, é possível encontrar ou reconhecer o lugar em que pessoas ou objetos estão posicionados.


 

Se você utiliza o Google Analytics para analisar o desempenho do seu e-commerce, tem acesso a dados gerados através da geolocalização, pois o Google coleta a informação de posição geográfica dos usuários através dessa tecnologia.   

Talvez você faça uso desse recurso nas campanhas de mídia paga e também pode usá-lo dentro da sua loja virtual. 

Mas, se ainda não usa, não se preocupe. O objetivo deste texto é justamente explicar com mais detalhes o que é a geolocalização, como utilizá-la no e-commerce e quais os principais benefícios. Confira!

O que é geolocalização?

A geolocalização é uma tecnologia que permite identificar a localização geográfica de um dispositivo eletrônico. Dessa forma, é possível encontrar ou reconhecer o lugar em que pessoas ou objetos estão situados.

Isso é possível através de sistemas de geolocalização e de coordenadas obtidas através de sinais como os de GPS, radiofrequência, AGPS ou wifi. 

Além disso, para que os sistemas obtenham essas informações, é comum solicitar aos usuários a permissão para acessá-las. 

    [E-book] Sistema de recomendação para e-commerce: guia definitivo

    Saiba tudo sobre sistema de recomendação para e-commerce: o que é, benefícios, modelos de recomendação, ferramentas complementares e o que observar na hora de contratar um para a sua loja virtual.

    Por que usar a geolocalização no e-commerce?

    Como tudo que envolve dados, um dos maiores motivos para usar a geolocalização no e-commerce é a possibilidade de personalizar a experiência dos usuários. E isso hoje é peça-chave para qualquer negócio, mas especialmente para os digitais.  

    Segundo o relatório Next in Personalization 2021, 71% dos consumidores esperam por experiências personalizadas e 76% ficam insatisfeitos quando elas não acontecem. 

    E quando falamos de personalização em relação à posição geográfica, vemos que os consumidores têm de 6 a 7 vezes mais chances de realizar uma compra quando são impactados por uma oferta próxima à sua localização, segundo uma pesquisa realizada pela Chain Store.

    Quer se aprofundar no assunto? Leia também: Personalização: o que é e qual a importância para o e-commerce.

    Como usar os dados de geolocalização no e-commerce?

    Existem várias maneiras de usar os dados de geolocalização no e-commerce. Você pode escolher uma das opções ou pode usá-las em conjunto. Confira a seguir algumas possibilidades.

    • Google Analytics
    • Redes sociais 
    • Sistema de geolocalização
    • Sistema de busca com geolocalização

    Google Analytics

    Para usar os dados de geolocalização a favor do seu e-commerce, um dos principais modos é através do Google Analytics (GA). 

    Como já mencionado, essa ferramenta coleta o máximo de informações possível a respeito dos usuários que navegam em um site, incluindo a localização geográfica. Para isso, basta configurá-lo e integrá-lo à sua loja virtual.  

    Com essas informações, fica mais fácil conhecer a(s) sua(s) persona(s) e fazer campanhas mais segmentadas e assertivas no Google Ads.

    Redes sociais 

    Assim como o Google, muitas redes sociais também coletam a geolocalização dos usuários. Além disso, é possível integrar o GA ao Facebook e Instagram Ads. Assim, é possível segmentar e personalizar campanhas, aumentando as chances de conversão.  

    Compare a taxa de conversão do seu e-commerce com a de outras lojas virtuais!

    Sistema de geolocalização

    Outra opção para usar os dados de localização a favor do seu negócio, é utilizar um sistema de geolocalização com inteligência artificial específico para isso dentro do seu site.

    Sistema de busca com geolocalização

    Outra possibilidade para usar a geolocalização no e-commerce é apostar em um sistema de busca com esse recurso. Isso é vantajoso principalmente para marketplaces e lojas virtuais que trabalham com dropshipping e/ou com vários fornecedores. 

    Com essa tecnologia, é possível focar investimentos e esforços em alcançar pessoas que estão mais próximas, para fazer entregas com mais velocidade e até oferecer frete grátis ou mais em conta. Além disso, é possível direcionar anúncios de cada produto para as pessoas que estão mais perto.

    E para quem trabalha com armazenamento descentralizado, também ajuda a organizar o estoque com maior eficiência e a manter o fornecimento em dia.

    Alguns sistemas de busca inteligente, como o do Magazine Luiza, fazem uso dessa tecnologia e, assim, conseguem mostrar itens mais próximos para cada consumidor. 

      [E-book] Não é mágica, é estratégia: saiba tudo o que o Hotsite pode fazer pelo seu e-commerce

      Quer descobrir as vantagens de usar hotsite para aumentar suas vendas? Nesse ebook você vai aprender:

      - Afinal, o que é um hotsite?

      - Por que e quando usar?

      - Quais as diferenças entre hotsite, landing page e site?

      - Insights para engajar e converter o seu cliente.

      - E muito mais!

      Benefícios da geolocalização para as lojas virtuais

      Conheça a seguir os principais benefícios da geolocalização para as lojas virtuais.

      1) Conhecer o seu cliente 

      2) Apostar em campanhas mais segmentadas

      3) Elevar o tráfego do site

      4) Aumentar conversões

      5) Ter mais facilidade com o estoque 

      6) Obter maior destaque em marketplaces

      7) Investir na multicanalidade

      8) Facilitar a logística reversa

      1) Conhecer o seu cliente 

      Quando você tem acesso à localização geográfica dos seus clientes e potenciais clientes, fica muito fácil conhecê-los. Assim, é possível entender onde estão situados, tipos de necessidades e desejos que eles podem ter, entre outras coisas.

      2) Apostar em campanhas mais segmentadas

      Com base no conhecimento que tem do seu cliente e também da localização dele, você terá muito mais oportunidades para criação de campanhas segmentadas e personalizadas. 

      Leia também: Como aplicar o customer centricity no seu negócio e conquistar melhores resultados?

      3) Elevar o tráfego do site

      Quando você faz campanhas bem segmentadas, as chances de atrair o cliente ficam muito maiores, pois você consegue atingir o real interesse dele.

      4) Aumentar conversões

      No fim das contas, aumentar as conversões de vendas é o que mais interessa, certo? Nesse ponto, a geolocalização também é uma forte aliada, porque a oferta de produtos mais próximos do cliente resultam em entrega mais rápida e frete mais barato. E esses são dois dos principais elementos que influenciam a tomada de decisão final. 

      5) Ter mais facilidade com o estoque 

      A geolocalização no e-commerce também facilita a organização do estoque para lojistas que mantém o armazenamento descentralizado, tornando o processo de logística muito mais eficiente

      Isso porque quando você sabe que tipos de produtos saem mais em cada região, é possível enviá-los para os depósitos e centros de distribuição mais próximos. Além de ser vantajoso para o cliente em termos de frete e rapidez, também gera economia com transportadoras.

      Leia também: Catálogo de produtos: como criar o seu e deixá-lo mais atrativo.

      6) Obter maior destaque em marketplaces

      Quando você opta por também vender seus produtos em marketplaces que utilizam uma busca geolocalizada, como é o caso do Magalu, consegue se destacar e vender mais para os clientes que estão mais perto.

      Entenda a importância de um hub de marketplace para o seu negócio.

      7) Investir na multicanalidade

      Se você trabalha com lojas virtuais e físicas, a tecnologia de geolocalização também te permite investir na multicanalidade, ou omnichannel. Pois, ao saber onde o consumidor está localizado, é possível disponibilizar o click and collect. Ou seja, ele faz a compra pela internet e pode retirar na loja mais próxima. 

      Além de gerar uma boa experiência, os seus vendedores podem estreitar o relacionamento com a marca e aproveitar a visita para tentar vender algo mais, aumentando o ticket médio.

      8) Facilitar a logística reversa

      Outro benefício muito importante da geolocalização é a facilidade na troca ou devolução de produtos. Afinal, se você vendeu para quem estava mais perto, na hora de fazer a logística reversa também vai ter menos custos com frete e mais agilidade na resolução do problema.

      Conclusão

      Usar a geolocalização é uma estratégia que pode fazer toda a diferença no seu e-commerce, pois, com ela, é possível segmentar ações e personalizar a experiência dos consumidores. E, consequentemente, otimizar as chances de conversão! 

      Se o seu objetivo é otimizar a conversão de vendas da sua loja virtual através da experiência, a SmartHint pode te ajudar com isso. Conheça a nossa tecnologia!

      banner conheça a smarthint

      Compartilhe:

      Tânia d'Arc

      Tânia d'Arc

      Formada em letras e pós-graduada em mídias digitais, é apaixonada pelas palavras, por comunicação e pelos detalhes.
      Últimas postagens

      Conteúdos e estratégias
      para e-commerce

      Receba conteúdos especializados no seu e-mail.
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]