Saiba como a Francisca Joias acelerou a decisão de compra e a taxa de conversão

Loja de joias com mais de 1500 produtos, a Francisca Joias queria oferecer uma experiência de navegação mais personalizada e prazerosa, para lidar com a grande quantidade de produtos e as tendências do mercado da moda e, assim, se destacar da concorrência
Resultados
Taxa de conversão
+ 159%
Ticket médio
+7%

Ao investir em uma melhor experiência na página, o e-commerce da Francisca Joias acelerou a decisão de compra, obteve um aumento de 159% na taxa de conversão de vendas e, de quebra, ainda alcançou um crescimento de 7% no ticket médio.

Tudo isso foi resultado de um trabalho realizado em conjunto com a SmartHint, com o objetivo de enfrentar os desafios de uma loja virtual do segmento de moda e de grande porte.

Afinal, estar na internet é muito importante, é como estar na rua mais movimentada do mundo — como a Sabrina Nunes, CEO da Francisca Joias, costuma dizer; mas também existe muita concorrência e uma das maneiras de se destacar no mercado de moda no digital é saber lidar com as tendências, que mudam o tempo todo.

“Os clientes procuram muito o que as outras pessoas estão usando, pra poder se adaptar àquele estilo ou ver o que está saindo mais”, explica Felipe Gomes, coordenador de tecnologia e marketplaces na Francisca Joias.

Mas além desse elemento, a marca também queria oferecer uma experiência de navegação mais personalizada e prazerosa, afinal a loja tem mais de 1500 produtos únicos, sem contar as variações de SKU.

Com as vitrines de recomendação e a busca da SmartHint, a Francisca Joias conseguiu alcançar esse objetivo atendendo às necessidades de dois grandes grupos de clientes: os que ainda não sabem o que querem; e os mais decididos.

No primeiro caso, apostando nas recomendações das vitrines e lidando com as tendências da moda de forma personalizada; e no segundo, com a velocidade e assertividade da busca.

E tudo isso respeitando um processo de atualização e rebranding que estava acontecendo na Francisca Joias, pois ambas as soluções se adaptam ao layout do site e não interferem na identidade visual da marca.

“A pessoa deveria entrar no nosso e-commerce e pensar ‘tô na Francisca’; mas poder conhecer produtos que realmente fossem interessantes para ela. Ver também o que os clientes tão comprando mais, o que as outras pessoas tão visitando e o que é tendência”, conta Felipe Gomes.

Vitrines de recomendação

As vitrines de recomendação que mais impactaram a loja no pilar tendência foram as que apostam no gatilho mental da prova social. Ou seja, as que mostram o que outras pessoas estão gostando e adquirindo dentro da loja e que acabam, assim, influenciando os consumidores mais indecisos. 

Entre essas vitrines, se destacaram principalmente a “Mais vendidos em categorias”, que fica na página principal; e a “Quem viu este produto também se interessa por”, que aparece nas páginas de produtos.

Vitrine mais vendidos em brincos - case francisca joias
vitrine case francisca joias

O coordenador de tecnologia da marca conta que a “Mais vendidos em categorias” aumentou muito a taxa de conversão de alguns produtos específicos que já estavam no top 10 dos mais vendidos, mas que acabaram ganhando mais notoriedade por estarem em posição de destaque.

“A Francisca tem uma variedade muito grande de produtos, então aparecer os produtos mais vendidos daquela categoria na página principal é excelente, é perfeito. Porque acelera o processo de decisão de compra drasticamente. O cliente olha e pensa: ‘nossa, esse aqui tá saindo muito, vou atrás, vou comprar’”, explica.

Mas, além do aumento na taxa de conversão, as vitrines também provocaram um crescimento de 7% no ticket médio, pois as recomendações também incentivam os clientes a comprarem mais: “às vezes o cliente ainda nem se deu conta de que ele quer ou que precisa daquilo, mas acaba vendo uma vitrine personalizada, baseada na navegação dele, encontra mais produtos relevantes e acaba até incrementando a compra”, conta o executivo.

Busca inteligente

A busca inteligente da SmartHint mostra os resultados em milissegundos, conforme a digitação e na própria página de pesquisa, sem redirecionamentos e sem precisar apertar o enter.

Para Felipe Gomes, essa velocidade é o fator que mais contribuiu para uma melhor experiência na página no que diz respeito à busca, facilitando a jornada de compra dos clientes que já sabem o que estão procurando.

“Ter uma busca rápida, como a do Google, é muito interessante. E ela também é super dinâmica: conforme o cliente vai digitando, ele já vai vendo os resultados”.

 

Outra característica que chamou a atenção da equipe foi a similaridade fonética, que permite que o cliente encontre o produto certo, mesmo que digite errado: “temos alguns produtos que causam um pouco de dúvida na hora dos clientes escreverem e, por isso, eles acabam escrevendo errado. A gente fez vários e vários testes para entender como funcionava [a similaridade fonética] e funcionou 100%, trouxe o retorno dos produtos certinho”, conta o executivo.

Hotsites e pop-ups de retenção

As principais soluções responsáveis pelos números alcançados com a SmartHint foram as vitrines e a busca, mas, segundo Felipe, os hotsites também conquistaram ótimo resultado para a Francisca Joias quando utilizados em uma campanha mais segmentada.

“Ter um URL que não está indexado no site, que não está visível para todos, é excelente, é nota 10. Porque a gente pode fazer campanhas [específicas] para determinados clientes. Quando usamos, conseguimos esgotar um item com 100 unidades em 15 minutos”, relata.

Por conta desse resultado, a equipe pretende usar mais vezes a ferramenta e, em breve, vão começar a usar também os pop-ups de retenção, para acelerar ainda mais o processo de decisão de compra.

Como e por que escolheram a SmartHint

Quando se deparou com o desafio de unir destaques de tendências da moda, personalização e uma melhor experiência de compra, a equipe da Francisca Joias foi em busca de soluções que fizessem isso através das recomendações. E foi assim que descobriu a SmartHint e optou por essa tecnologia.
Os elementos decisivos para a escolha foram:

  • automação;
  • facilidade de integração em comparação com outras soluções;
  • atendimento excelente;
  • facilidade para mexer no painel.

Naquele momento, o time queria uma navegação personalizada, mas não tinha acesso a isso, pois contavam apenas com as vitrines nativas da plataforma, que, além de não se basearem na navegação de cada usuário individualmente, exigiam que tudo fosse feito manualmente.

“O time de cadastros via os produtos mais vendidos por categoria e criavam a vitrine, mas era um processo 100% manual”, afirma Felipe.

Por isso, um dos principais fatores que contribuíram para a escolha é que na SmartHint tudo é feito de modo automático por uma inteligência artificial.

Além disso, também pesaram na decisão: a facilidade de integração em comparação com outras ferramentas do mercado; atendimento de qualidade; e a facilidade de mexer e configurar ajustes no painel quando desejado.

“O que mais me encanta na SmartHint, além das ferramentas e do excelente atendimento, é a facilidade de uso da plataforma, facilidade de poder ativar e desativar, colocar pra rodar o que quiser numa velocidade extremamente rápida”, conclui Felipe Gomes, coordenador de tecnologia e marketplace da Francisca Joias.

Você também pode obter resultados como esses! Peça uma demonstração gratuita da nossa tecnologia!

Compartilhe:

Vamos dar o primeiro passo?

Agende sua demonstração agora e descubra como podemos potencializar seu e-commerce

Totalmente sem compromisso

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]