Eventos on-line para e-commerce: valem a pena?

Em diversos mercados os eventos são uma grande estratégia para as equipes de marketing. Seja para conseguir novos leads, novos clientes ou para brand awareness.

Já no e-commerce, onde a venda na maioria dos casos é B2C (business-to-consumer ou empresa para cliente), algumas pessoas acreditam que os eventos não fazem tanto sucesso ou sentido assim.

Será que isso é verdade mesmo ou as lojas virtuais podem sim se aproveitar dos eventos on-line? Vamos descobrir isso no post de hoje!

A nova era dos eventos

O mercado de eventos é um dos que mais necessita se adaptar ao longo do tempo. Afinal, uma nova tendência ou novidade sempre está surgindo e mudando os rumos de tudo. 

O mais recente acontecimento foi a pandemia do novo coronavírus, que tirou os eventos do presencial — modelo mais tradicional e conhecido — e os levou para o on-line. Com essa drástica mudança, diversas empresas começaram a se movimentar para entender como elas poderiam se adaptar e entrar nesse novo modelo. 

Com o passar dos meses, os números de lives, por exemplo, aumentaram consideravelmente, acostumando o cliente com a ideia de participar de eventos on-line e o deixando muito mais propício a passar horas ali.

O que para muitos era uma utopia — levar a experiência dos eventos presenciais para o on-line —, hoje se tornou o novo normal, principalmente com a chegada do híbrido e das plataformas de evento, cuja principal função é viabilizar grandes eventos com altíssima qualidade.

O futuro é híbrido

No momento, conhecemos muito bem os dois mundos dos eventos: o real e o virtual. Porém, nem todos conseguem se adequar ao modelo físico, no qual as pessoas devem estar de forma presencial para acompanhar as palestras.

Por isso, o evento híbrido chega trazendo maior alcance e facilidade de acesso para pessoas ao redor do Brasil e do mundo, além de manter as trocas no “olho a olho” do evento presencial.

Mas é importante ressaltar: nem sempre o híbrido será o melhor modelo para você, talvez seja apenas um dos outros dois. Tudo depende do objetivo, público, momento e nicho de atuação.

Nesse contexto, as empresas conseguem se adaptar e escolher, dentre os três modelos disponíveis, aquele que as atende melhor. 

Leia também: O que é social listening e como ele melhora a experiência do cliente?

Mudanças do público

Hoje, as pessoas estão acostumadas a fazer muitas coisas on-line de modo geral: reuniões, entrevistas, trabalho, entre outros. E, inclusive, muitas até preferem esse formato, pela comodidade e economia de tempo.

Em razão disso, um evento on-line tem tudo para dar certo e alcançar um grande público, principalmente se seu e-commerce trabalhar a nível nacional ou internacional. 

Por exemplo, se sua empresa estiver situada na capital do Rio de Janeiro, mas um dos seus clientes estiver em Salgueiro, no interior de Pernambuco, ou em Frankfurt, na Alemanha, não há problemas, eles conseguirão participar do seu evento.

Melhores eventos para e-commerce

Tipos de eventos não faltam, mas nem todos são muito recomendados para o e-commerce. Um exemplo são os seminários voltados para educação, no qual um tema acadêmico é discutido ou apresentado para uma banca. 

Porém, outros modelos funcionam muito bem. Vamos conhecê-los a seguir!

Live

Também conhecida como transmissão ao vivo, a live normalmente é algo mais simples, um bate-papo entre duas pessoas, que podem conter ou não perguntas de quem está no chat.

Pode ser usada para apresentar de forma rápida um novo produto ou conversar com algum especialista do mercado, em um escopo bem definido do que será falado.

Webinar

É um tipo de evento on-line em formato de palestra, em que o público consegue interagir com você a todo momento, através de quizzes, enquetes, mensagens ou até mesmo vídeos.

Quando se trata de lojas virtuais, o webinar pode ser feito de diferentes formas. Veja algumas abaixo:

1) trazer um especialista de mercado do seu segmento para educar os clientes sobre a dor que o seu ou algum dos seus produtos resolve;

2) apresentar a fundo um dos produtos, tirar dúvidas e mostrar na prática como ele funciona;

3) bater um papo sobre algo relevante para seus clientes, sem necessariamente buscar vender algo, mas focar em educar e usar do pós-evento para vender.

Evento de lançamento

No contexto de e-commerce, geralmente os lançamentos são eventos para aqueles que possuem marca própria. É algo pensado 100% para venda, em que o ponto alto será a divulgação do seu novo produto.

Existem diferentes formas de fazer um evento de lançamento, mas a principal dica para isso é contar uma história e entregar um conteúdo de valor para seus clientes, fazendo com que as inscrições aumentem e mantendo a atenção de todos até a hora da divulgação do produto.

No momento da divulgação, prepare-se para um boom de vendas e acesso ao site. Tenha certeza de que terá pessoas preparadas para tirar dúvidas e que, claro, o site comporte o alto volume de acessos.

Reserve também um espaço durante o evento on-line para tirar dúvidas, apresentar todas as especificações do seu produto e tudo o que você julgar necessário.

Como fazer o seu evento on-line

Agora que você já sabe o que fazer no seu evento on-line, é importante saber o que vai precisar e qual passo a passo seguir para que tudo saia perfeito.

Tecnologia necessária

Evento on-line é sinônimo de tecnologia, então é claro que você irá precisar dela para criar o seu evento.

Uma infraestrutura básica é necessária para realizar qualquer evento. Algumas coisas são mais simples e fáceis de conseguir, como:

  • boa internet;
  • microfone;
  • câmera;
  • ferramenta de transmissão (Zoom, YouTube, Stream Yard);
  • landing page.

Porém, uma coisa é importante: a qualidade dos seus equipamentos. Isso pode determinar se o seu evento será bom ou ruim.

Uma internet estável e sem travamentos, câmera com boa qualidade e um microfone com boa captação de áudio vão deixar o nível da transmissão ótimo. Por isso, tome muito cuidado na hora de comprá-los. Assista reviews e teste o máximo que você conseguir, para que não tenha sustos na hora da transmissão.

Falando em teste, é algo que merece ser feito mais de uma vez, principalmente se for o seu primeiro evento on-line. Mapeie tudo o que poderia dar errado e entenda como você faz para resolver isso de forma rápida. Não subestime as transmissões ao vivo, pois se algo der errado, você estará ao vivo e o erro ficará evidente para todos.

Passo a passo

Com o equipamento adequado, finalmente chegou a hora de criar o seu evento on-line. Confira o passo a passo.

1) Definição de público-alvo

2) Tema e cronograma

3) Horário e divulgação

4) Durante o evento

1) Definição de público-alvo

Entender a fundo o seu público e tudo o que ele gosta irá te ajudar na criação do cronograma e escolha dos palestrantes. Peça ajuda para a equipe de marketing para definir muito bem quem vocês querem alcançar.

Saiba como criar uma persona e qual a importância para o seu negócio.

2) Tema e cronograma

Com o público-alvo definido, escolher o tema fica muito mais fácil. Busque uma dor do seu cliente, algo que ele precisa muito aprender, e monte seu evento em torno  disso. 

O cronograma deve ser criado com base nos palestrantes convidados. Pense em uma história que você quer contar, organize os palestrantes de forma que essa história seja contada e coloque os horários de pausa e coffee break, para que todos possam relaxar e manter o foco nas palestras.

3) Horário e divulgação

Na hora de escolher o seu horário, procure saber se já não existem outros eventos acontecendo nesse mesmo dia e hora ou se a sua audiência estará disponível. 

Na divulgação, use sua lista de contatos, redes sociais e mídia paga para alcançar o máximo de pessoas. Utilize a autoridade dos palestrantes e crie uma landing page atrativa para garantir a inscrição de quem chegar na página.

Lembre-se: quanto mais pessoas inscritas, mais gente poderá participar do seu evento on-line.

4) Durante o evento

Agora é só colocar em prática tudo o que você programou. Teste tudo antes, confirme com todos os palestrantes e pronto. Seu evento será um sucesso!

Afinal, eventos on-line para e-commerce valem a pena?

E a resposta é sim, valem muito a pena. Os eventos on-line trazem credibilidade, novos públicos e, quando usados em lançamentos, podem significar um início de vendas muito alto para você. 

Então, se você possui um e-commerce, considere sim os eventos na sua estratégia de marketing e vendas.

E se você quer descobrir outras formas de aumentar o faturamento da sua loja virtual, conheça o sistema de busca e recomendação da SmartHint e veja como podemos te ajudar a aumentar em média 30% as conversões!

Compartilhe:

Rodrigo Schiavini

Rodrigo Schiavini

Fundador e diretor de negócios da SmartHint, também é diretor regional Paraná da ABComm, com mais de 10 anos de experiência em comércio eletrônico para grandes marcas dos mais variados segmentos.
Últimas postagens

Conteúdos e estratégias
para e-commerce

Receba conteúdos especializados no seu e-mail.
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]