Como posicionar sua marca no mercado? Dicas, beneficios e cases

Posicionamento de marca é o esforço de implantar o benefício chave e a diferenciação da empresa nas mentes dos clientes. Por isso, uma estratégia de posicionamento de marca envolve a personalidade da marca, a forma como ela se comunica com o mercado, tipos de produto que são oferecidos e público que quer alcançar.


 

O posicionamento de mercado de uma empresa reflete a forma como ela é percebida pelo público. Ao aprender como posicionar sua marca no mercado é indispensável considerar quais características você deseja que ela apresente e pelo que ela deve ser lembrada. 

Pensar em como posicionar sua marca no mercado exige que algumas características humanas passem a ser atribuídas à empresa. Isso contribui para que o consumidor se identifique com a companhia e para que o planejamento de comunicação seja construído com mais harmonia. 

Quer saber como posicionar sua marca no mercado? Então continue a leitura e saiba tudo sobre o tema!

O que é posicionamento de marca?

“Posicionamento de marca é o esforço de implantar o benefício chave e a diferenciação nas mentes dos clientes”, segundo Philip Kotler, considerado o pai do marketing — no livro “Marketing para o século XXI: como criar, conquistar e dominar mercados” (1999). 

A partir dessa definição, podemos considerar que uma estratégia de posicionamento de marca deve ter como foco:

  • definição de um benefício para o consumidor;
  • apresentação de valores que estejam alinhados aos do cliente;
  • despertar de sentimentos positivos; 
  • estabelecimento de uma personalidade única que diferencia a marca; 
  • geração de lembranças que consolidem e perpetuem essa imagem.

Portanto, uma estratégia de posicionamento de marca está atrelada à criação e ao uso de elementos como:

  • personalidade que a marca apresenta; 
  • forma como ela se comunica com o mercado, o que inclui as ações de marketing e vendas; 
  • tipos de produto que são oferecidos, como eles são pensados, construídos e vendidos;
  • público que usa os produtos. 

Pense na Chanel, seu posicionamento no mercado é voltado à elegância, luxo e sofisticação. Esses elementos fazem parte da personalidade dessa marca e, por isso, estão: nos produtos, nas pessoas que se tornam embaixadores da marca, em cada publicidade, nos desfiles, nas parcerias, nas lojas físicas e virtuais e nas cores usadas. 

Não confunda o posicionamento da marca no mercado com o preço que os produtos possuem. O valor de venda faz parte dessa estratégia, mas não é o único elemento presente. 

A Havaianas também possui sua própria personalidade e isso conseguiu destacá-la no mundo todo como uma marca jovem, estilosa, alegre, sinônimo de descontração e conforto

O produto se tornou símbolo de um dia de folga ou de férias na praia.

Essa personalidade se espalhou e é mantida por meio das campanhas de marketing e canais de comercialização, que incluem estratégias de vendas on-line e lançamento de produtos.

Mas, porque tudo isso é importante? Continue lendo e descubra!

    [E-book] Como a Diesel aumentou a taxa de conversão da loja virtual em 120% em apenas um mês

    Quer saber como a Diesel aumentou a taxa de conversão em 120%? Baixe o e-book gratuitamente agora mesmo e descubra o segredo dessa gigante do mundo da moda

    Benefícios da estratégia de posicionamento de marca

    Investir em uma estratégia de posicionamento de marca no mercado faz com que a empresa agregue mais valor ao que oferece ao público. Na prática, isso significa que a sua disputa pelos clientes deixa de considerar apenas o preço e produto oferecido. 

    Ao posicionar a sua marca, ela deixa de ser apenas mais uma e passa a ser única. E isso gera diversos benefícios, como:

    Voltando ao caso da Havaianas, é claro que a empresa enfrenta concorrência. Existem outras marcas que trabalham com produto similar, que atende a uma necessidade específica do público. 

    Entretanto, na prática, o posicionamento forte da marca faz com que ela deixe de ser uma empresa que apenas vende chinelos. Ela oferece muito mais aos consumidores e por isso sai na frente na disputa por cada cliente. 

      [E-book] Não é mágica, é estratégia: saiba tudo o que o Hotsite pode fazer pelo seu e-commerce

      Quer descobrir as vantagens de usar hotsite para aumentar suas vendas? Nesse ebook você vai aprender:

      - Afinal, o que é um hotsite?

      - Por que e quando usar?

      - Quais as diferenças entre hotsite, landing page e site?

      - Insights para engajar e converter o seu cliente.

      - E muito mais!

      Como posicionar sua marca no mercado?

      Então, quais são os principais aspectos que devem ser considerados para criar uma estratégia de posicionamento de marca? Confira a seguir!

      • Conhecer a persona
      • Entender qual dor o produto resolve 
      • Compreender a proposta de valor da marca 
      • Definir como a marca será reconhecida

      Conhecer a persona

      Um dos principais passos é entender quem é a persona do negócio, também conhecida como perfil de cliente ideal. Ou seja, é necessário definir para quem a sua empresa vai vender. 

      Invista nessa etapa para entender o que é importante para esse público, o que pode ser considerado um diferencial, qual é a necessidade que possui, quais são seus valores, interesses e comportamentos. Vá além de uma definição demográfica sobre idade e gênero. 

      Saiba como criar uma persona e qual a importância para o seu negócio.

      Entender qual dor o produto resolve 

      Depois de conhecer bem a sua persona, é hora de entender qual dor ele resolve e a qual demanda atende. Afinal, ele precisa resolver uma necessidade real, por exemplo, ter um chinelo confortável para os dias de folga. 

      Compreender a proposta de valor da marca 

      Em seguida, compreenda a proposta de valor da sua marca, entendendo por que ela é diferente de outras no mercado. Para isso, será necessário compreender o que os seus concorrentes fazem e buscar um diferencial que esteja conectado aos valores e às necessidades dos consumidores que você deseja atingir.

      Leia também: Marketing de causas: conquiste e fidelize clientes.

      Definir como a marca será reconhecida

      Depois, defina como você deseja que a sua marca seja reconhecida. Ou seja, quais atributos e características ela deve apresentar ao mercado. 

      Com essas informações, é hora de criar uma personalidade para sua marca e incluir atributos que vão considerar a segmentação de mercado na qual deseja atuar e destacar a diferenciação que você deseja carregar. 

      Para colocar tudo isso em prática, você precisará de um bom plano de marketing e vendas que seja capaz de comunicar esse posicionamento. Isso inclui:

      • a seleção e catálogo de produtos
      • a identidade visual; 
      • os canais de venda;
      • tudo o mais que a sua empresa faz, mostra e divulga. 

      Leia também: Como elaborar uma boa estratégia de branding que entregue resultados?

      3 exemplos de posicionamento de marca     

      Nada melhor do que conhecer alguns exemplos de posicionamento de marca para se inspirar e começar a colocar seu projeto em andamento. Então confira a seguir!

      1) Starbucks

      Um espaço que vende café, doces e pães, com boa qualidade. Essa poderia ser a descrição de qualquer padaria, não é mesmo? 

      Entretanto, é parte do que uma das marcas mais queridas no mundo faz. A Starbucks conseguiu um lugar de destaque em um mercado tão competitivo por identificar uma lacuna e oferecer uma excelente solução para ela.

      Mais do que vender produtos alimentícios, a marca se propõe a oferecer uma experiência aos clientes. Para isso, investiu em espaços bonitos, acolhedores e climatizados, que convidam o consumidor a ficar. 

      Atualmente, as lojas contam com wi-fi e permitem que os clientes passem horas lá dentro, encontrando os amigos, trabalhando ou estudando. Esse tempo que passam dentro da cafeteria faz com que os clientes estabeleçam vínculos ainda mais fortes com a marca.

      Desde o cardápio até a decoração, tudo é pensado para reforçar esse posicionamento de marca. 

      Leia também: Experiência de compra: 11 dicas para potencializar suas vendas.

      2) Red Bull

      A Red Bull é um exemplo clássico para todo mundo que deseja aprender como posicionar sua marca no mercado. Mais do que vender energético, a marca vende um estilo de vida.

      Para reforçar esse posicionamento, a marca criou a sua própria equipe de Fórmula 1! 

      Isso sem falar em times de futebol e em todo o investimento feito em entretenimento e esporte — que buscam reforçar, no inconsciente dos consumidores, a possibilidade do alcance de um estilo de vida ativo, que pode ser conquistado com o uso do produto.

      3) Amazon e Magalu

      Não poderíamos encerrar este artigo sobre como posicionar sua marca no mercado sem falar de duas empresas tão importantes para o mercado atual: a Amazon e o Magalu.

      Essas marcas são ótimos exemplos do uso de tecnologia para e-commerce a favor do cliente e se tornaram queridinhas dos compradores. 

      Afinal, olhar para as demandas atuais dos clientes envolve identificar a necessidade de soluções digitais, ainda mais quando se trata do comércio eletrônico. Logo, se o seu objetivo é posicionar sua marca nesse cenário, é fundamental encarar as necessidades e demandas do futuro do e-commerce

      É isso que essas marcas fazem e o que as coloca como destaque no comércio digital: a preocupação constante em atender aos clientes e oferecer uma experiência de excelência a eles. E falando especificamente de marketplace e loja virtual, ambas apostaram na personalização da experiência, com sistemas de recomendação e busca inteligente.

      Se você tem um e-commerce, também precisa se preocupar em melhorar a experiência de compra do seu cliente. Isso pode ser parte do seu diferencial e do posicionamento de marca da sua empresa. 

      Para tanto, você pode contar com a SmartHint, sistema de busca e recomendação do Magazine Luiza que também atende lojas virtuais de todos os portes. Conheça nossa tecnologia e entenda como usá-la para melhorar a experiência dos clientes dentro do seu e-commerce.

      banner conheça a smarthint

      Compartilhe:

      Rodrigo Schiavini

      Rodrigo Schiavini

      Fundador e diretor de negócios da SmartHint, também é diretor regional Paraná da ABComm, com mais de 10 anos de experiência em comércio eletrônico para grandes marcas dos mais variados segmentos.
      Últimas postagens

      Conteúdos e estratégias
      para e-commerce

      Receba conteúdos especializados no seu e-mail.
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]
      [class^="wpforms-"]