Segmentação de público para lojas virtuais: como fazer e benefícios

A segmentação de público é o processo de separar consumidores em grupos de afinidade, considerando características comportamentais, geográficas, psicográficas ou demográficas, que possuem em comum. O objetivo é tornar a comunicação mais personalizada e assertiva, junto ao público que a empresa pretende atingir.


Atualmente, é muito comum ouvir o termo segmentação de público associado a campanhas de marketing, vendas e customer success. A razão disso está nos benefícios que a prática apresenta como:

  • Aumento das taxas de conversão;
  • Ampliação do retorno sobre investimento;
  • Redução do custo de aquisição de clientes e mais.

Se esses resultados estão na lista de objetivos estratégicos do seu negócio, continue a leitura para saber, em detalhes,  o que é segmentação de público e como realizá-la em seu negócio. 

O que é segmentação de público? 

A segmentação de público é o processo de separar consumidores em grupos de afinidade, considerando características comportamentais, geográficas, psicográficas ou demográficas, que possuem em comum. O objetivo é tornar a comunicação mais personalizada e assertiva, junto ao público que a empresa pretende atingir.

Ao fazer essa organização, a empresa passa a entender melhor as características de seus clientes e pode usar essa informação para criar campanhas mais direcionadas a eles.

Uma mesma empresa pode ter que lidar com mais de um grupo de clientes, nesses casos, campanhas de marketing, vendas e customer success também podem ser criadas para atender as expectativas de cada segmento.  

Por que a segmentação de público é importante? 7 benefícios

Mas, afinal, qual é o impacto da segmentação de público para a empresa? Por que é importante criar grupos de consumidores? 

A verdade é que a segmentação de público gera uma lista de benefícios para as organizações que a consideram em suas estratégias. Confira quais são eles.

1) Maior direcionamento de campanhas 

2) Fidelização de clientes

3) Otimização do processo de vendas 

4) Avanço do cliente na jornada de compra

5) Aumento nas taxas de conversão

6) Ampliação do retorno sobre investimento 

7) Redução do custo de aquisição de clientes

1) Maior direcionamento de campanhas 

Com a segmentação você consegue um maior direcionar as campanhas para o público e personas ideais da empresa. 

2) Fidelização de clientes

Essa estratégia também contribui para a  fidelização de clientes, afinal, os consumidores que compraram a mercadoria têm mais chances de ficarem satisfeitos com os produtos e solucionarem suas necessidades. 

3) Otimização do processo de vendas 

Aumenta a produtividade de vendas, afinal, os leads que chegam até a etapa de compra realmente possuem as dores que o produto ou serviço se propõe a resolver, logo, se interessam mais pela solução.

4) Avanço do cliente na jornada de compra

Contribui para o avanço do cliente na jornada de compra, pois, quando você sabe quais são as demandas do público, é mais fácil criar acompanhar com conteúdo alinhado a essas necessidades. Isso desperta mais interesse ao longo do relacionamento com os potenciais clientes.

5) Aumento nas taxas de conversão

Ao atingir os consumidores com maior potencial de compra e com o que realmente interessa para eles, a empresa acelera a decisão de compra e aumenta as taxas de conversão.

6) Ampliação do retorno sobre investimento 

Aumentar a taxa de conversão, consequentemente, amplia o ROI das ações de marketing.

7) Redução do custo de aquisição de clientes 

O direcionamento de campanhas, principalmente de anúncios pagos, para o público ideal da empresa, geralmente, faz com que o CAC seja reduzido, afinal, é mais fácil e menos demorado convencer alguém a fazer a compra.

Quais os tipos de segmentação de público?

O consumidores podem ser agrupados a partir da consideração de diferentes critérios, logo, a segmentação de público pode ser:

  • Demográfica
  • Geográfica
  • Comportamental
  • Psicográfica

Entenda cada uma delas a seguir. 

Segmentação demográfica

Esse modelo de separação do mercado considera quesitos socioeconômicos, como:

  • gênero;
  • idade;
  • nível de escolaridade;
  • renda familiar;
  • ocupação etc. 

Segmentação geográfica

A segmentação geográfica separa os consumidores por localidade de acordo, com o país, região, estado e cidade. 

Também pode separar localidades como zona urbana ou zona rural. 

Segmentação comportamental

Quando o assunto é a definição do perfil de cliente de uma empresa, os conceitos de segmentação demográfica e geográfica já estão mais difundidos nas empresas. Entretanto, para criar a persona do negócio, e aumentar as chances de atrair os consumidores ideais, é necessário ir além. 

Nesse sentido, considerar a segmentação comportamental e psicográfica (sobre a qual falaremos adiante) é obrigatório.

Como o próprio nome sugere, a segmentação comportamental considera o comportamento dos clientes, o que envolve:

  • hábitos de compra;
  • padrão de consumo; 
  • quantidade de interações com a marca;
  • canais preferidos;
  • interesses.

Segmentação psicográfica

A segmentação psicográfica está relacionada aos pensamentos, ideologias e ideias dos clientes em potencial. Isso pode se traduzir em elementos como:

  • estilo de vida;
  • valores;
  • personalidade.  

Como fazer a segmentação de público? 

Conheça agora o passo a passo de como fazer a segmentação de público:

  1. Conheça os tipos de segmentação de público
  2. Use a base de dados do negócio
  3. Aplique pesquisas internas
  4. Organize as características do cliente ideal da sua empresa
  5. Crie um plano de marketing 

1. Conheça os tipos de segmentação de público

O primeiro passo para aproveitar todas as vantagens listadas acima é compreender que existe mais de um tipo de segmentação de público e usá-las com sabedoria.

2. Use a base de dados do negócio

Antes de montar o perfil de cliente ideal, a sugestão é que você observe a base de compradores atual.

Identifique quais são as características demográficas, geográficas, comportamentais e psicográficas que os melhores clientes da empresa apresentam. Tente também encontrar respostas sobre:

  • como o produto é usado;
  • quais produtos são mais comprados;
  • se há uma periodicidade na compra de determinados itens etc. 

Esse é um bom primeiro passo para a segmentação do público da marca.

3. Aplique pesquisas internas

Ainda buscando compreender o perfil de cliente do negócio, aplique pesquisas com seus clientes para entender questões como:

  • o que levou esses consumidores a escolherem a sua empresa;
  • do que sentem falta;
  • com o que estão satisfeitos;
  • como consomem o produto;
  • qual é a periodicidade de compra;
  • o que avaliar para escolher o produto para determinada necessidade.

Pergunte também sobre seus valores e considere seu estilo de vida

4. Organize as características do cliente ideal da empresa

Como apresentamos acima, existem diferentes tipos de segmentação e todos eles devem ser considerados para montar a persona da sua loja virtual. 

Ou seja, você precisará definir quais são as características demográficas, geográficas, comportamentais e psicográficas do cliente ideal da empresa. 

Com isso, você terá uma persona completa, para servir como base para a criação de campanhas de marketing e vendas

Saiba como criar uma persona e qual a importância para o seu negócio.

5. Crie um plano de marketing 

Agora é hora de colocar em prática a segmentação de público da sua empresa. Isso significa criar campanhas que irão atrair, converter e fidelizar os clientes que estão alinhados ao perfil de consumidor ideal. 

Lembre-se que isso não limita o alcance da sua empresa, ao contrário, possibilita que ela aumente as taxas de conversão e gere uma melhor experiência aos clientes que são atraídos por ela. 

No plano de marketing será necessário:

  • identificar os melhores produtos para cada persona;
  • definir os canais de comunicação que serão usados;
  • estabelecer o tipo de linguagem.     

Conclusão

Agora sim, você tem o que precisa para criar campanhas de marketing e vendas que gerem excelentes resultados para a organização. 

Se você chegou até aqui por que o seu objetivo é aumentar a taxa de conversão da sua loja virtual e melhorar a experiência de compra dos clientes, te convidamos a conhecer a busca inteligente, vitrines de recomendação, pop-up de retenção e hotsites da SmartHint. 

Conheça as soluções!

Compartilhe:

Tânia d'Arc

Tânia d'Arc

Formada em letras e pós-graduada em mídias digitais, é apaixonada pelas palavras, por comunicação e pelos detalhes.
Últimas postagens

Conteúdos e estratégias
para e-commerce

Receba conteúdos especializados no seu e-mail.
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]