Uma plataforma de e-commerce é um sistema pré-configurado que facilita a criação de um site para vendas on-line, sem que o lojista precise iniciar todas as configurações do zero. Mas, como existem muitos tipos, é importante conhecer as melhores plataformas de e-commerce e entender qual se adapta melhor às necessidades do seu negócio.


Você sabe quais são as melhores plataformas de e-commerce e como escolher uma para iniciar ou impulsionar um negócio? Se ainda não sabe, tudo bem. Pois é justamente sobre isso que vamos falar neste artigo.

Não importa se você está planejando abrir uma loja on-line ou precisa acelerar o crescimento do seu e-commerce, hoje existem diversas plataformas para as mais diferentes necessidades. Por isso, é importante conhecer as melhores plataformas de e-commerce e identificar qual é a ideal para o seu negócio.

Algumas oferecem recursos mais simples, mais acessíveis e às vezes gratuitos. Outras contam com funcionalidades mais robustas e, por isso, mais caras. Mas seja qual for o perfil e a fase em que o seu negócio se encontra, é importante contar com uma ferramenta de qualidade. 

Pra te ajudar nesse momento, organizamos uma lista com as 15 melhores plataformas de e-commerce. Continue a leitura para saber detalhes sobre cada alternativa e conhecer mais sobre o universo das plataformas de e-commerce!

O que é uma plataforma de e-commerce?

A plataforma de e-commerce é um sistema completo e pré-configurado que facilita a criação de um site para vendas on-line. Esse sistema oferece a estrutura para que o lojista crie sua própria loja, sem precisar iniciar todas as configurações do zero, nem contratar um desenvolvedor ou programador.

Isso quer dizer que é possível criar um site para loja virtual sem plataforma de e-commerce, mas é uma tarefa muito mais complexa, que demanda muito mais tempo e investimentos, já que é necessário contar com profissionais especializados para isso.

Tipos de plataforma de e-commerce

Existem dois tipos de plataforma: a open source (software de código aberto) e a SaaS (software as a service). E, apesar de as duas serem softwares que podem ser utilizados por qualquer pessoa mediante pagamento, possuem grandes diferenças entre si.  

Open source

Nas plataformas do tipo open source, o acesso à estrutura com configurações iniciais geralmente é feito através de download, mas a customização do site, integrações com outros aplicativos e manutenção deve ser feita por alguém que possua conhecimentos técnicos em programação. Claro que isso dá muito mais liberdade para criar a loja de forma personalizada, mas também requer mais custos e trabalho. 

SaaS

Com uma plataforma do tipo SaaS, não é necessário fazer download, pois ela fica disponível on-line, através de computação em nuvem. Esse é o modelo mais prático, pois permite que o usuário configure e personalize a loja conforme a sua necessidade, mesmo que não tenha experiência e nenhum conhecimento em programação.  

Além disso, com a plataforma de e-commerce SaaS qualquer pessoa pode criar sua loja em minutos, fazendo um cadastro rápido, e depois iniciar as configurações iniciais, como:

  • escolha do template; 
  • cadastro dos produtos; 
  • e integrações. 

Por isso, essa é a opção mais recomendada para quem está iniciando o negócio nesse mercado e não tem conhecimentos técnicos em TI.

Mas, além de contar com uma boa plataforma e-commerce, o gestor de uma loja virtual também precisa estar atento às principais datas comemorativas, feriados e eventos do setor. Baixe o nosso calendário do e-commerce e fique por dentro de tudo!  

Calendário do e-commerce 2023

Prepare-se para as datas mais importantes do varejo on-line. 🗓️

A nossa empresa está comprometida a proteger e respeitar sua privacidade, utilizaremos seus dados apenas para fins de marketing. Você pode alterar suas preferências a qualquer momento.

Quais as diferenças entre plataformas de e-commerce B2B e B2C?

Há diferentes estratégias para plataformas de e-commerce que atuam nos segmentos B2B e B2C. O primeiro foca em business-to-business (empresas que vendem para empresas) e, o segundo, business-to-consumers (empresas que vendem para os consumidores finais). 

Tais diferenças envolvem uma série de fatores, como:

  • perfil dos clientes nas campanhas e nos produtos oferecidos;
  • condições de pagamento, já que o B2B tende a ter um ticket médio maior;
  • cobrança de impostos: no modelo B2B, podem haver impostos adicionais, como a diferença de alíquotas.

Como escolher a melhor plataforma de e-commerce?

Além de conhecer as principais soluções disponíveis no mercado, para escolher a melhor plataforma de e-commerce para o seu negócio é importante estar atento a alguns fatores elementares. Confira a seguir o que não pode faltar na sua plataforma de e-commerce. 

1) Segurança

2) Boa experiência e usabilidade

3) Recursos para SEO

4) Integração com Google Analytics

5) Integração com redes sociais e outros aplicativos

6) Infraestrutura para lidar com diversos meios de pagamento

7) Personalização e customização de recursos

8) Atendimento e suporte de qualidade

Segurança

Antes de qualquer coisa, é preciso verificar se a plataforma escolhida preza pela segurança das suas informações e também dos clientes.

Sabemos que a internet é incrível, mas também pode ser muito perigosa, já que lida com uma imensa quantidade de dados sensíveis. Por isso, é essencial que a plataforma disponibilize ou integre com soluções antifraude, garantindo o sigilo e a proteção nas transações entre a sua loja virtual e os consumidores. 

Boa experiência e usabilidade

Outro ponto básico que contribui para que uma plataforma de e-commerce fique entre as melhores é a capacidade de oferecer uma boa experiência ao usuário — com destaque para a usabilidade do site.

Isso inclui proporcionar uma boa navegabilidade na loja, levando em conta aspectos como:

  • processo de compra on-line intuitivo; 
  • velocidade nas transações; 
  • responsividade, adaptando o layout do site para todos os tamanhos e tipos de tela; otimização de desempenho do site (WPO).

Recursos para SEO

SEO significa “search engine optimization” ou “otimização para mecanismos de busca”. Isso nada mais é do que otimizar a sua loja virtual para que apareça nos primeiros resultados de busca em sites como o Google, Bing e Yahoo

Sem dúvidas, disponibilizar recursos para otimizações básicas e avançadas de SEO nas páginas de produtos e no site como um todo é uma das funcionalidades que não podem faltar na sua plataforma de e-commerce. Afinal, não adianta nada você ter uma loja on-line se ninguém a encontra na internet.

Integração com Google Analytics

Algo que não pode faltar em uma boa plataforma de e-commerce é a integração com o Google Analytics. Essa é uma ferramenta gratuita e super completa para a análise do comportamento dos usuários dentro do seu site. Com ele, você pode: 

  • conhecer os seus consumidores a fundo; 
  • realizar ações segmentadas;
  • verificar se essas e outras estratégias de vendas on-line e marketing estão sendo realmente eficazes — inclusive as de SEO.

Integração com redes sociais e outros aplicativos

As redes sociais são hoje um dos principais meios de comunicação com o público, principalmente no e-commerce. Portanto, as melhores plataformas de e-commerce contam com integração com elas, tanto para criação de conteúdo orgânico quanto para mídia paga

Mas, além disso, no varejo on-line é preciso pensar em tudo o que envolve a experiência de compra, desde o início até o fim da jornada. Logo, por mais completa que seja a plataforma de e-commerce, também é extremamente importante que ela tenha integrações com outros aplicativos e tecnologias de:

Infraestrutura para lidar com diversos meios de pagamento

É essencial também que a plataforma de e-commerce possua uma infraestrutura capaz de lidar com diversos meios de pagamento digitais e/ou que possibilite uma fácil integração com soluções para essa finalidade. 

Isso é importante, pois os consumidores têm necessidades e realidades diferentes: alguns preferem pagar à vista no cartão de débito ou no boleto; a prazo no cartão de crédito; fazer um PIX; ou até mesmo fazer seu pagamento através de aplicativos como o PayPal e Google Pay.

Customização de recursos

A possibilidade de customizar recursos também é um ponto importante a se observar, pois ajuda a dar personalidade e identidade para a sua loja. Verifique se a ferramenta disponibiliza domínio próprio, templates diversos; facilidade para subir banners e vídeos; e outros elementos que ajudarão a compor a cara da sua marca no comércio eletrônico.

Atendimento e suporte de qualidade

Por último, mas não menos importante: as melhores plataformas de e-commerce devem contar com atendimento e suporte de qualidade para ajudar a solucionar problemas com agilidade e assertividade. 

Depois de saber quais os fatores cruciais para contratação, resta entender o seu negócio e fazer a escolha ideal. 

Quais são as 15 melhores plataformas de e-commerce para usar em 2023?

Agora que você já sabe o que é uma plataforma de e-commerce, quais são os tipos de plataforma e como escolher uma, confira detalhes sobre as 15 melhores plataformas de e-commerce para usar em 2023.

1) Nuvemshop

2) Wix

3) GoDaddy Online Store

4) JET

5) Loja Integrada

6) Magazord

7) Moovin

8) Adobe Commerce 

9) OpenCart

10) Oracle Commerce

11) Shopify

12) Tray Commerce

13) VTEX

14) Dooca Commerce

15) WooCommerce

1) Nuvemshop

Nuvemshop é a plataforma de e-commerce líder na América Latina. Com ela, é possível criar uma loja grátis, mas também ter acesso a planos mais robustos, que custam a partir de R$ 59 mensais.

Com mais de 120 mil lojas ativas, ela permite a publicação de produtos ilimitados, diversos meios de pagamento e de envio, e oferece mais de 50 layouts profissionais e gratuitos para deixar seu e-commerce com a cara da sua marca.

Além disso, a Nuvemshop disponibiliza um ecossistema com diversos canais e aplicativos parceiros para potencializar suas vendas, como Facebook, Instagram, marketplaces e lojas físicas.

A plataforma também oferece o Nuvem Pago, meio de pagamento próprio, por meio do qual o lojista fica isento das tarifas por venda, e o Nuvem Envio, a solução integrada à plataforma que oferece fretes até 40% mais baratos.

Nuvemshop Next

A Nuvemshop também possui uma solução para negócios em expansão, o Nuvemshop Next. Entre os diferenciais, vale destacar:

  • gerente de contas dedicado;
  • rede de agências;
  • integrações com preços diferenciados para negócios que já faturam acima de R$ 100 mil por mês;
  • atendimento preferencial;
  • time de serviços profissionais para criar recursos sob medida para lojas virtuais mais complexas.

Saiba um pouco mais sobre a Nuvemshop no vídeo a seguir:

2) Wix

Wix permite aos usuários criar sites personalizados sem conhecimento de programação. Em paralelo, ela contém recursos para a criação de lojas virtuais, incluindo integrações com:

  • gateways de pagamento;
  • sistemas de gerenciamento de estoque;
  • cálculo de frete.

Com uma gama bem ampla de funcionalidades e um sistema muito fácil de usar, essa é uma ótima opção para quem está começando e quer economia, segurança e agilidade. 

plano básico para quem quer aceitar pagamentos on-line é de R$ 29 por mês e o VIP é R$ 69.

3) GoDaddy Online Store

A GoDaddy Online Store faz parte do conjunto de ferramentas e recursos da gigante GoDaddy, que vende domínios e hospedagem, além de viabilizar a criação de sites, o que inclui as lojas on-line. 

Ela viabiliza a criação de lojas virtuais de maneira fácil e rápida e tem uma série de recursos para criar uma loja virtual personalizada, incluindo:

  • escolha de modelos de loja;
  • gerenciamento de estoque;
  • cálculo de frete;
  • gerenciamento de pedidos;
  • controle e execução de processamento de pagamentos. 

Além disso, a GoDaddy Online Store integra-se com outras ferramentas de marketing, como e-mail marketing e anúncios nas redes sociais.

Tudo isso pode ser feito dentro do mesmo sistema, facilitando não apenas a criação da loja, mas também a gestão e promoção.

E o melhor: você pode experimentar o sistema gratuitamente e, depois, o plano custa R$ 39,99/mês.

4) JET

A JET é especialista em tecnologia para e-commerce e oferece soluções de alta performance. Com mais de 20 anos de experiência no mercado, atende às exigências de clientes long tail, middle market e de projetos complexos customizados. As soluções têm foco na conversão de vendas e na oferta da melhor experiência para o consumidor final.

A ZapCommerce, para as vendas via WhatsApp, e a JET NEO, plataforma omnichannel e com 99% de SLA, estão presentes nas principais operações de comércio eletrônico do Brasil e o investimento em tecnologia faz parte do DNA dessa plataforma. O destaque no mercado foi conquistado com atendimento personalizado e determinação para apoiar o crescimento dos negócios dos clientes.

Um ponto interessante é que a JET também oferece plataformas segmentadas para diferentes nichos, como moda, farmácia, bebidas, entre outros.

Confira o vídeo a seguir para saber mais sobre essa plataforma de e-commerce:

5) Loja Integrada

A Loja Integrada é tida como a plataforma de lojas virtuais mais amada do Brasil, com mais de 1,5 milhão de lojas criadas.

É a única que permite começar e continuar sem nunca pagar nada. E tanto nas opções pagas quanto na gratuita, nunca cobra comissão sobre as vendas de produtos.

Se preocupa em entregar uma experiência fácil e muito humana para cada lojista. Deve ser por isso que dizem que criar uma loja com ela é mais rápido que fazer miojo.

Além da tecnologia, entrega uma rede de apoio completa:

  • agências de confiança; 
  • loja de aplicativos; 
  • serviços extra; 
  • temas personalizados; 
  • material educativo
  • espaço público em que lojistas podem tirar dúvidas e trocar experiências.

Tudo isso permite que cada pessoa se desenvolva e otimize seus negócios por conta própria. 

Com um faturamento total das lojas de mais de 1 bilhão de reais, é uma aposta segura e rápida para quem quer fazer aquela ideia de negócio acontecer ou crescer. Por isso, certamente, está entre as melhores plataformas de e-commerce.

Neste vídeo, você pode conhecer um pouco mais sobre essa plataforma:

6) Magazord

O Magazord é uma plataforma que oferece recursos completos, como:

  • ferramentas para a gestão da loja on-line; 
  • ERP integrado; 
  • integrações com dezenas de transportadoras e marketplaces.

A solução de pagamento própria da plataforma permite agilidade nas configurações de recebimentos e também traz mais segurança durante a venda de produtos.

Com atualizações gratuitas e suporte especializado, o Magazord oferece soluções de logística, gerenciamento de estoque e mais uma grande gama de funcionalidades, para criar lojas on-line que proporcionam uma experiência de compra facilitada e otimizada.

7) Moovin

A Moovin é uma plataforma de e-commerce SaaS que oferece um verdadeiro ecossistema de soluções para seus clientes, como serviços voltados para B2C, B2B, integração com as principais redes sociais, central de televendas, experiência exclusiva para mobile e integração omnichannel. 

Está há mais de 14 anos atuando no mercado digital e conta com mais de 300 empresas em seu portfólio, atendendo negócios de pequeno, médio ou grande porte e segmentos B2B e B2C. 

8) Adobe Commerce

A Adobe Commerce, antiga Magento, é uma plataforma de e-commerce open source, líder em inovação e liberdade de customização para marcas da indústria B2B e B2C.

A companhia foi adquirida pela Adobe em 2018, tornando-se a solução mais completa do mercado digital – com o incremento de todas as tecnologias de marketing cloud e inteligência artificial que recebeu. 

Possui também um robusto portfólio de ferramentas omnichannel, que ajudam empresas a integrar com sucesso as experiências de compra digitais e físicas. É apoiada por uma rede global de parceiros e desenvolvedores que disponibilizam seus serviços no maior marketplace de extensões disponíveis para download. 

9) OpenCart

OpenCart é uma plataforma de e-commerce gratuita e de código aberto para criar lojas virtuais com facilidade. 

É uma das ferramentas mais populares do mundo, com várias extensões e temas para personalizar a loja virtual. 

10) Oracle Commerce

A Oracle Commerce foi líder 11 vezes seguidas no Magic Quadrant for Digital Commerce do Gartner. É conhecida por:

  • simplificar sistemas complexos, conectando dados de back-office, fluxos de trabalho e políticas com a experiência on-line da loja virtual; 
  • criar experiências personalizadas para cada comprador, utilizando os dados do cliente para fornecer o conteúdo e os produtos certos com eficiência; 
  • ser uma plataforma aberta e escalável, que prioriza a integração API.

Saiba mais no vídeo: 

11) Shopify

A Shopify é uma plataforma SaaS que nasceu no Canadá e vem revolucionando o varejo digital global desde 2004. 

Se tornou a preferência de mais de um milhão de negócios em 175 países diferentes com:

  • soluções intuitivas; 
  • ecossistema global com APIs abertas;
  • uma App Store poderosa, com mais de 5500 apps. 

Atendendo desde pequenos varejistas a grandes empresas corporativas, a Shopify tem em seu portfólio clientes globais como GE, SpaceX, Nestlé, Decathlon, Staples, entre outros.

Marcas brasileiras, como Grupo Arezzo, Zee.Dog, Grand Cru, Pampili, Sallve, La Bella Mafia, Cia Marítima e muitos outros, também confiam na Shopify para criarem lojas de alta performance nacionais ou internacionais.

Vale lembrar que a Shopify nasceu pensando em democratizar o e-commerce, ou seja, tornar aquilo que parece complexo em algo simples. Para isso, possui vasto conteúdo de ajuda, além de comunidade e suporte local. 

12) Tray Commerce

Há mais de 18 anos no mercado, com a Tray Commerce o lojista pode montar a loja virtual com ecossistema completo e integração com mais de 20 marketplaces em um único painel.

A plataforma também conta com mais de 300 recursos para vender na internet, buscar e fidelizar clientes em diversos canais com máximo gerenciamento. 

Entre os principais recursos da Tray Commerce estão:

  • integração com WhatsApp e redes sociais;
  • diversos temas customizáveis, com layouts grátis, opções pagas, front-end aberto e ainda conta com parceiros certificados, caso seja a vontade do cliente; 
  • opções de pagamento; 
  • frete
  • recuperação de carrinho abandonado
  • marketing 100% nativo da plataforma.

Saiba mais sobre essa plataforma no vídeo a seguir:

13) VTEX

A VTEX também está entre as melhores plataformas de e-commerce, afinal, é a primeira e única solução de comércio global totalmente integrada com marketplace e OMS nativos, de ponta a ponta.

Ajuda empresas de varejo, manufatura, atacado, mantimentos, bens de consumo e outras verticais a:

Sua arquitetura, baseada em microsserviços, e as poderosas ferramentas de negócio e engenharia permitem que a VTEX proteja o futuro do e-commerce dos seus clientes e os libertem de atualizações de software. 

Entre os clientes dessa plataforma estão Sony, Walmart, Whirlpool, Coca-Cola, Stanley Black & Decker, Nestlé, Carrefour e mais de 3 mil lojas on-line em 45 países. A empresa foi nomeada Líder nas Plataformas de Comércio Digital IDC MarketScape Worldwide B2C de 2020 e classificada como “Visionária”, no Quadrante Mágico para Comércio Digital da Gartner 2020.

Saiba mais sobre a plataforma VTEX:

14) Dooca Commerce

Dooca Commerce oferece uma solução completa para a gestão de lojas on-line e uma experiência acessível para os lojistas. A plataforma é SaaS, conta com um painel intuitivo e de fácil configuração para otimizar o tempo de criação da loja virtual.

Além disso, a Dooca disponibiliza temas gratuitos personalizáveis e design profissional, unindo: 

  • simplicidade; 
  • recursos exclusivos; 
  • mais de 80 integrações para facilitar métodos de pagamento e formas de envio; 
  • ferramentas nativas; 
  • teste grátis para quem quiser conhecer a plataforma.

Saiba mais sobre a Dooca:

15) WooCommerce

O WooCommerce é um plugin de e-commerce gratuito para o WordPress, um dos sistemas de gerenciamento de conteúdo mais populares do mundo. 

Com essa tecnologia, é possível transformar seu site WordPress em uma loja virtual completa, que pode ser personalizada, enquanto executa as atividades comuns de uma plataforma, como:

  • controle de estoque;
  • gerenciamento de pedidos;
  • opções de pagamento e envio;
  • cálculo de impostos;
  • geração de cupons e descontos.

Para completar, o WooCommerce tem uma grande comunidade de desenvolvedores e usuários que trazem uma ampla variedade de extensões e temas para personalizar ainda mais a loja virtual, sendo esse um de seus principais benefícios.

Outros recursos para e-commerce

Agora que você já conhece as 15 melhores plataformas de e-commerce do mercado, é hora de escolher uma delas e começar a criar sua sonhada loja on-line ou, ainda, otimizar a que você já tem, se for o caso. 

Como mostramos, os sistemas selecionados são fáceis de usar e você poderá fazer tudo sem depender de ninguém. 

Entretanto, além da plataforma de e-commerce, você vai precisar de outras soluções para direcionar sua empreitada ao sucesso. Confira 50 ferramentas de e-commerce para turbinar suas vendas on-line! 

50 ferramentas de e-commerce

As soluções perfeitas para o seu negócio estão nesse guia.

A nossa empresa está comprometida a proteger e respeitar sua privacidade, utilizaremos seus dados apenas para fins de marketing. Você pode alterar suas preferências a qualquer momento.

 

Atualizado por: Tânia d’Arc