fbpx

Varejo on-line: 5 tendências que você precisa conhecer

varejo online

O varejo on-line é um dos segmentos em que as modificações impostas pelas tendências de consumo e desenvolvimento de novas tecnologias no futuro são mais evidentes. Por isso, empreendedores que desejam manter a alta performance dos seus negócios precisam estar constantemente atualizados sobre as novidades no setor.

Pensando nisso, elaboramos uma lista com as principais tendências, recursos e ferramentas de transformação digital que podem ajudar gestores de e-commerce a venderem mais e melhor.

1) Vendas via dispositivos móveis

As transações de varejo on-line em dispositivos mobile, ou m-commerce, já são responsáveis por mais de 70% das vendas realizadas pela internet no mundo.

Portanto, gestores de e-commerce que pretendem manter seus negócios competitivos precisam garantir que seus sites sejam totalmente amigáveis para smartphones e outros dispositivos móveis.

Também precisam estar aptos a realizar transações via aplicativos. A conversão de vendas via apps chega a ser 3 vezes maior do que via mobile web.

Outro dado interessante: as compras nessa modalidade costumam aumentar consideravelmente no período noturno e nos finais de semana. Isso ocorre pois é quando os consumidores têm mais tempo livre para refletir sobre esse tipo de decisão.

2) Experiência omnichannel

Outra tendência cada vez mais presente no segmento de varejo on-line é a experiência omnichannel. Em outras palavras: oferecer ao consumidor um atendimento mais ágil por meio da integração de todos os seus canais.

Assim, lojas físicas, atendimento telefônico ou via web, como chats e contatos no próprio site, passam a estar totalmente conectados. Isso permite, por exemplo, que o usuário adquira um produto pelo aplicativo, retire na loja física e solicite a montagem dele pelo telefone.

Para que isso aconteça de maneira satisfatória, é fundamental contar com uma equipe de atendimento alinhada em seus propósitos, evitando falhas ou ruídos de comunicação que possam refletir negativamente nessa experiência.

3) Precificação inteligente

A utilização de plataformas de precificação inteligente é outra forte tendência no mercado de varejo on-line. Isso porque realizar manualmente a comparação, análise e definição dos preços dos diversos itens do e-commerce é uma tarefa cansativa e que toma um tempo que poderia ser ocupado com outras atividades de teor mais estratégico.

Além disso, a utilização da precificação inteligente oferece ao gestor de e-commerce a certeza  de que ele está acompanhando adequadamente a oscilação de valores do mercado. E sem comprometer as margens de lucro, já tradicionalmente estreitas no comércio eletrônico.

Com essa tecnologia, é possível ajustar automaticamente os preços das mercadorias levando em consideração uma série de variáveis, como os preços praticados pela concorrência e a disponibilidade de estoque.

4) Inteligência artificial orientada para resultados

O uso da inteligência artificial orientada para resultados também é uma tendência cada vez mais forte no segmento de varejo on-line. Essa estratégia consiste em oferecer uma experiência de compra mais completa e personalizada para o usuário.

Nesse cenário, destacam-se duas ferramentas: a busca inteligente e o sistema de recomendação.

O primeiro recurso tem como objetivo otimizar as buscas dentro da loja virtual com: alta velocidade; similaridade fonética, busca por cor automatizada; busca comportamental personalizada; busca por voz e busca por imagem.

O segundo, oferece ao cliente vitrines inteligentes personalizadas, baseadas em critérios como sexo, idade, localização e histórico prévio de compras.

Essas tecnologias ajudam a estreitar o relacionamento entre sua marca e o cliente e elevam a experiência de compra dele. Em consequência disso, vemos o aumento de páginas por sessão, redução da taxa de rejeição, aumento da taxa de conversão e muito mais!

5) Entregas no mesmo dia

A tendência de entregas no mesmo dia no varejo on-line supre a demanda de uma geração cada vez mais conectada, que não quer esperar para obter aquilo que deseja. Por isso, opta pelo fornecedor que satisfaz a sua necessidade de maneira mais imediata.

Para poder acompanhá-la, no entanto, é preciso pensar em uma estrutura de logística totalmente diferenciada. Isso inclui a utilização de softwares que realizem um controle rigoroso de estoques e prazos, a descentralização dos centros de distribuição e alocação dos produtos em estoques menores, localizados em pontos estratégicos para o negócio.

Dessa maneira, é possível manter os produtos  mais próximos do consumidor final, reduzindo o tempo de transporte e garantindo o cumprimento dos prazos anunciados, sem prejuízos maiores aos custos de frete.

 

O varejo online é tradicionalmente um dos primeiros setores da economia a fazer uso de novos recursos e tendências de consumo para incrementar vendas e aperfeiçoar a experiência do cliente. Por isso, estar atento às novidades do setor é fator indispensável para empreendedores que buscam garantir uma performance diferenciada para seus negócios.

Agora que você já conhece as 5 tendências do varejo online que não podem ser ignoradas, aproveite para ler também: ERP para e-commerce: 4 coisas que você precisa saber antes de contratar.

Compartilhar:
2021-07-19T14:09:07+00:00