fbpx

ERP para e-commerce: 4 coisas que você precisa saber antes de contratar

ERP para e-commerce é um software de gestão voltado para a administração de todas as áreas de uma loja virtual. Ele pode ser utilizado para emissão de notas fiscais, controle de estoque, administração financeira e muito mais. Usar um recurso como esse pode trazer diversos benefícios para o seu negócio. 

ERP para e-commerce

Utilizar ERP para e-commerce é uma prática que pode trazer diversos benefícios para o seu negócio digital. Tais vantagens ocorrem, principalmente, em relação à gestão da loja virtual e suas atividades logísticas, tributárias e fiscais. Além disso, o sistema gera relatórios que podem servir como subsídio para melhores tomadas de decisão.

Entenda as aplicações de um ERP para e-commerce e saiba o que observar antes de contratar esse tipo de software. Continue a leitura!

O que é ERP e como ele pode ser utilizado em um e-commerce?

ERP é uma sigla em inglês para “Enterprise Resource Planning”, algo que pode ser traduzido como “planejamento de recursos empresariais”. Nada mais é do que um software de gestão, que é utilizado para administrar todas as áreas de uma empresa.

Falando especificamente de um ERP para e-commerce, o sistema pode ser utilizado para emissão de notas fiscaiscontrole do estoque, administração financeira etc.

Além disso, o sistema também gera relatórios muito úteis para o gestor do e-commerce. Ao identificar quais produtos têm mais saída do estoque, por exemplo, é possível ter uma noção dos itens mais desejados pelos clientes e que devem ser o foco das campanhas publicitárias.

O mesmo vale para produtos que estão parados há muito tempo e não fazem o giro. Nesse caso, é uma boa ideia fazer uma promoção para a queima do estoque que não está movimentando. Assim, você libera seu espaço de armazenagem para os itens que realmente geram lucro para o seu negócio.

4 principais aspectos que devem ser observados antes de contratar um ERP para e-commerce

Agora que você já sabe o que é um ERP para e-commerce, é interessante destacar alguns aspectos que precisam ser observados antes de contratar esse software. No mercado existem diversas marcas e modelos e nem todos são tão eficientes.

Listamos alguns dos itens que são indispensáveis e que você precisa considerar antes de fazer a contratação. Confira.

1) Dados disponibilizados em tempo real

Como explicamos, os dados podem ser utilizados como base para a tomada estratégica de decisões. Por isso, antes de contratar um ERP para e-commerce, verifique se ele disponibiliza relatórios em tempo real e a possibilidade de customizar os dados de acordo com a relevância que eles têm para o seu negócio.

2) Escalabilidade

A escalabilidade é a capacidade que um sistema tem de aumentar seu volume de atendimento sem ter que necessariamente crescer a operação. Um exemplo disso é a criação de novos usuários para fazer movimentações. Essa característica é muito importante, principalmente se o seu negócio está em expansão.

A realidade de um pequeno e-commerce é diferente da de uma grande loja virtual, mas contrate um sistema pensando em como você estará no futuro, para evitar uma troca em um curto espaço de tempo.

3) Bom suporte aos usuários

Por mais qualidade que o ERP para e-commerce tenha, pode ser que ocorram falhas no funcionamento ou que você tenha dúvidas sobre como desenvolver uma tarefa. Por isso, vale a pena verificar como funciona o suporte aos usuários.

O ideal é contar com um ERP que ofereça suporte via chat ou telefone, para que você possa esclarecer qualquer questionamento que tiver sobre o assunto. Assim, não precisará ficar muito tempo aguardando toda vez que precisar de atendimento.

4) Sistema armazenado em nuvem

Os sistemas armazenados em nuvem são mais interessantes porque podem ser acessados em qualquer local. Isso significa que você não precisará ter o programa instalado em um computador específico!

Como proprietário de e-commerce, pode ser que você não tenha uma empresa com uma sede física própria. É por esse motivo que o ERP para e-commerce em nuvem é tão útil, uma vez que você poderá trabalhar na sua casa, em coworkings, em hotéis ou em qualquer local em que haja conexão com a internet.

 

A escolha de um bom ERP para e-commerce reflete diretamente nos impactos positivos para os clientes, pois, as falhas de operações serão reduzidas. Portanto, tenha atenção ao escolher o software de gestão ideal para o seu negócio.

Continue aprendendo boas práticas para a sua loja virtual! Leia o nosso artigo Empreendedorismo no e-commerce:  8 erros para evitar.

Compartilhar:
2021-06-16T22:11:42+00:00