Durante os últimos anos, o e-commerce mudou consideravelmente a experiência para o cliente, positivamente, claro. Com o desenvolvimento diário de funcionalidades e opções, acaba por tornar as lojas online a melhor escolha para um consumidor ocupado, não somente. Devido ao uso em larga escala de e-commerce, pessoas de diferentes cantos do mundo compram produtos sem visitar uma loja sequer. Assim sendo, muitas startups e empreendedores começam a vender online a fim de alcançar o máximo de consumidores possíveis.

Plataformas de e-commerce de hoje em dia levam todos esses fatores em consideração e realizam sugestões aos iniciantes nos negócios de e-commerce à medida de seus requerimentos e interesses. Se está planejando abrir um negócio online em 2019, então é melhor se familiarizar com as plataformas de ponta do e-commerce para melhor entender o seu mercado.

  1. Shopify
  2. Magento
  3. YoKark
  4. BigCommerce
  5. VTEX
  6. WooCommerce
  7. Tictail
  8. WIX
  9. SquareSpace
  10. Weebly

Montamos uma lista das top 10 plataformas online em 2019 e vamos discutí-las uma a uma, para os interessados em abrir um negócio de e-commerce.

1.  Shopify

Shopify foi fundada em 2004 e, desde então, tem seguido firme na evolução de novas tendências e tecnologias de e-commerce. Essa plataforma de e-commerce canadense é uma boa escolha para negócios online especialmente se focado em compras por portáteis e tendências de mercado no mundo das mídias sociais.

Outra vantagem do Shopify é que você pode começar a vender por a partir de apenas $9, ao integrar a sua conta de FB, fazendo uma loja online.

Dada sua fácil utilização e processo de lançamento rápido de negócio, as startups podem se beneficiar mais da plataforma. Também são oferecidos diferentes pacotes para pequenos e grandes empresários, com preços variando de $29 a $299 mensais.

2. Magento

Magento é outra plataforma de e-commerce muito útil. Com seu share de ¼ no mercado, é considerada a futura líder nas plataformas de e-commerce. Muitas marcas mundialmente conhecidas como Pepe Jeans, Liverpool F.C., Burguer King e Huawei usam a plataforma como tecnologia subjacente para seus negócios.

Sendo confiável e escalável, Magento é fácil de usar, de lidar. Com mais de 9000 extensões, plugins e outras funcionalidades, permite que escalone sua loja online nas mais variadas plataformas de redes sociais. Há também mecanismos de recomendação de terceiros integrada em sua plataforma, como a SmartHint, para que sua loja possa providenciar recomendações de produto personalizadas e precisas.

Além disso, levando em conta sua natureza de código-fonte aberto, Magneto é considerada a melhor solução para fornecedores a nível de empresa com produtos em larga escala. O que significa que a Magneto é uma plataforma de e-commerce de código aberto para fornecedores a nível de empresa cujo objetivo é vender produtos em larga escala, competitivamente no mercado com preços mensais de $5 a $100.

3. YoKart

Graças a opções de preço inteligentes e vastas funcionalidades, YoKart aparece como uma boa escolha para startups que almejam montar facilmente um ecossistema de e-commerce. Para lançamento de lojas multi-fornecedoras como Etsy e eBay, YoKart é insubstituível.

Com exceção da estrutura, também é disponibilizada a posse do código fonte, além da customização de acordo a suas vontades e necessidades. O pacote para startups lhe dá um ano de licença por apenas $250, permitindo que iniciantes verifiquem o modelo de negócio selecionado.

4. BigCommerce

BigCommerce foi lançada em 2009 e é uma das mais proeminentes plataformas de e-commerce, hospedando mais de 55.000 lojas online. A plataforma abastece quase todos os tamanhos de lojas, onde figuram grandes nomes que a utilizam, tanto do tamanho de Martha Stewart e Toyota, quanto de pequenas e médias empresas.

É a solução ideal para empresários sem conhecimento técnico, pois possui uma extensa lista de funcionalidades integrais tipo newsletters, frete, analíticos, taxas de cupons, entre outros. Outra vantagem da BigCommerce é não cobrar taxas de transação. É também adaptada para portáteis, além de permitir vendedores integrarem suas lojas a várias plataformas de redes sociais, como Facebook, Google shopping, etc.

A plataforma também providencia materiais de suporte da sorte de vídeos educacionais, assistente de configuração, longos guias, e mais. A política de preço é justa, variando de $29 a $199 mensais.

5. VTEX

Essa plataforma brasileira providencia uma longa cadeia de gigantes como Coca-Cola, Disney, Lego, Wal-Mart, Sony, L’oreal, entre outros.
A funcionalidade diferencial da VTEX é oferecer um checkout livre de senha. Essa característica impulsionou o tráfego orgânico em 30% encaminhando um aumento de 28% em receita. VTEX é conveniente para negócios com receita anual de um milhão de dólares ou mais. Na outra ponta, levando em consideração taxas maiores, pode sair um bocado caro para pequenas e médias empresas. VTEX está disponível para seu negócio a partir de $250 mensais como preço inicial.

6. WooCommerce

Introduções não são necessárias para a WooCommerce, plataforma amplamente utilizada e, sem redundância, extremamente útil no mundo do e-commerce. É um plugin de WordPress gratuito que vem com um sistema de pagamento seguro e um carrinho de compras, ambos de excelente qualidade. O ponto positivo de sua funcionalidade baseada em WordPress é estar totalmente integrado com o carrinho de compra. Com certeza é uma boa escolha para startups, mas para lojas de e-commerce multi fornecedoras é necessário um plugin adicional quando se opta pela WooCommerce.

Ou seja, podemos afirmar que a WooCommerce é uma confiável versão para aficionados por WordPress, com a ressalva de não se antecipar e já construir uma loja de grande volume aqui, justamente por sua falta de escalabilidade.

7. Tictail

Essa plataforma de e-commerce é do gênero faça você mesmo. Percebemos uma escolha inteligente para designers de moda e varejistas, que se veem capazes de montar sua loja online em apenas poucos minutos. Fácil de usar, cujo foco da plataforma se encontra principalmente na customização do design, atratividade ao e-commerce, integração da comunidade, etc.

Adicionalmente, TicTail é uma ótima plataforma quando se pensa em expandir ao mercado global. Funcionará particularmente melhor para iniciantes, interessados em se testar no mercado global. Entretanto, negócios de larga escala devem ignorar essa opção. A loja de personalização inicial custa $9 mensais, incluindo funcionalidades tipo opções de customização, certificado HTTPS gratuito, conexão de domínio individual e muito mais.

8. WIX

Essa plataforma online oferece uma grande variedade de opções de design para uma simples loja. Com $16.16 mensais de pagamento e sem taxas de transação, se apresenta como uma opção inteligente para startups. São sugeridos muitos temas gratuitos, hospedagem, design do site, entre outras vastas necessidades de um negócio, por um preço consideravelmente baixo. WIX funciona muito bem para lojas pequenas mas, ao passo que se cresce, é melhor mudar para outra plataforma, haja vista que sua capacidade é de apenas 20GB.

 9. Squarespace

Squarespace foi fundada em 2003 e ficou famosa por conta de sua opção de arrastar e largar. Sugere numerosas características de design e é uma boa escolha para negócios online de impressões sob demanda. Você pode começar vendendo aqui mediante o pagamento mensal de $18 e tem preços baixos de saltar aos olhos. Entretanto, ao optar pelo plano de início da Squarespace, é cobrado o pagamento de 3% em taxa de transação. Por fim, mas não menos importante, é possível evitar tal taxa de 3% ao mudar para planos de $26 e $40. E mais, escolhendo esses planos, você ganhará a possibilidade de enviar cartões de presente, inscrições e oferecer descontos.

                                                                                                       Fonte: squarespace.com

10. Weebly

Fundada em 2006, Weebly tem aproximadamente 40 milhões de clientes. O custo mensal para se ter uma loja online com marketing automatizado na Weebly é de $38. Porém, essa plataforma não é conveniente para lojas que visam enfatizar a importância da SEO.

Não obstante, é uma excelente opção para startups ou aqueles que não querem contratar um desenvolvedor. A Weebly sugere três preços de planos:

  • Plano inicial ($8 mensais)
  • Plano Pro ($12 mensais)
  • Plano Executivo ($25 mensais)

O plano inicial é de fácil engajamento, mas somente planos Pro e Executivo podem ser aplicados a uma loja online. O motivo se dá pela falta de funcionalidades no primeiro plano, como cupons, carrinhos de compra e administração de inventário. Além disso, você fica limitado a vender até 25 produtos, com 3% de taxa de transação.

Conclusão

Resumindo, podemos chegar à conclusão que existe uma variedade de plataformas capazes de cumprir qualquer requerimento e orçamento. Como vimos acima, há plataformas de e-commerce que oferecem inúmeras funcionalidades gratuitas, essenciais para qualquer startup de baixo orçamento. Por outro lado, percebemos a capacidade limitada dessas mesmas plataformas. No geral, pensamos que você deve estar preparado para ter pelo menos $100 mensais de orçamento, começando a vender online e utilizando já todas as funcionalidades essenciais mencionadas: carrinhos de compra, cupons, descontos e, por aí, vai.
A principal funcionalidade característica que unifica todas as plataformas discutidas é de não exigir de si que seja um nerd das tecnologias para conseguir iniciar um negócio online.